[IMPERDÍVEL] Do 3º ao 5º dia de DFB.

terça-feira, abril 29, 2014

Oii minha gente?

Então, devido a correria dos últimos dias esta impossível de postar no blog. Mas, hoje teremos um "resumão" dos últimos dias de Dragão Fashion Brasil.

Não posso deixar de dizer mais uma vez que o evento foi ótimo, estrutura sensacional, ações de interação ao público, stands tudo muito lindo. Lógico que como todo evento sempre chamos que em alguns aspectos deixaram a desejar, um dos pontos foi que alguns dias antes do evento as pessoas poderiam se inscrever para entrar como imprenssa, ou seja, fotógrafos, blogueiros e etc. Duas amigas minhas que são blogueiras tiveram suas credenciais aprovadas e confimadas, maaas, quando foram entrar na sala do desfile simplesmente disseram que blogs/mídia não eram imprenssa! Oi? Então porque aprovaram o credenciamento delas?

Enfim, deixo aqui minha indignação!

Vamos ver um pouco dos desfiles que presenciei ♥

Ateliê Criativo Ivanildo Nunes - O estilista desperta em sua coleção o desejo de mostrar a alma feminina cheia de subjetividade e de uma maneira que mostre o quanto as mulheres podem ser poderosas e deslumbrantes sem que pareçam vulgares. Ivanildo trouxe para a coleção, rendas, crochê, rechilier e  renda renascença mesclados ao tule e às rendas industriais. Verdadeiras preciosidades artesanais.


Lizzi - A estilista aproveitou o momento para fazer a estreia de sua marca, e para isso criou a esta coleção para marcar esse momento. O nome da coleção é "A Cidade perversa". A coleção foi inspirada na obra de Maria Antonieta, e contou com a presença de ombros estruturado, golas altas e vazados localizados em pontos estratégicos. Das cores presentes tivemos do preto ao cinza e verde-azulejo, até chegar nos vestidos brancos fechando o desfile.


Kallil Nepomuceno - Usou como tema de sua coleção "A saga de ouro" trazendo uma versão "O menos é mais", apoiou-se no período barroco trazendo para a moda todo brilho e ostentação daquele período, inspirou-se em vários monumentos de grandes países, como os ricos altares dos templos que também trazem os detalhes barroco serviram de inspiração para o estilista.
O ouro e o dourado, do brilhante ao envelhecido, passando ainda pelo avermelhado e em parceria com o preto e com os tons de pérola formam a cartela de cores da coleção. 
 

Alysson Aragão + Suzane Farias - Vinheram com a "Noir Collection" significado bruto: "Coleção Preta". Um dos desfiles que mais me impressionou com toda a sua composição. Peças riquíssimas, requintadas, chiques e que trazem como inspiração as mulheres sedutoras e passionais. A produção do desfile contou com um modelo sentado aos centro da passarela onde as modelos paravam e eram fotografadas por ele, remetendo algo bem sedutor. Todas as peças eram pretas, com grandes toques de renda, muito brilho e elegância.
 

Alix Pinho - A estilista trouxe uma proposta mais jovial, com a presença de mais cores e mergulhou fundo no color blocking, brinc  u com estampas geométricas e sempre combinadas ao preto e off-white, t-shirts que aludem ao Hip Hop, são novidades mais cool juntamente com calças ajustadas ao corpo, peplum e zíperes aparente. Enfim, o desfile veio cheio de atitude e peças super despojadas e pretende cada vez mais criar roupas acessíveis, tanto no preço quanto no conceito.


AGORA, os desfiles mais esperados dos dias:
 
P.S: Não fui ao evento no dia do Lino.

Lino Villaventura -  O estilista compôs sua coleção com uma pegada mais oriental nitidamente perceptíveis nas estampas, com isso os tecidos mais leves foram os mais adequados. Lino também não perdeu a feminilidade e acrescentou as peças vários recortes, fendas e decotes para ressaltar a beleza feminina. O desfile também contou com modelos masculinos destacando os quimonos, que com certeza serão uma grande aposta para a moda! E foram só sucesso!!!

 
Água de Coco por Liana Thomaz - Esse com certeza foi um dos desfiles mais aguardados do DFB. Liana trouxe as mesmas peças utilizadas no São Paulo Fashion Week, o nome da coleção é "Água Viva" inspirada no fundo do mar, tons terrosos dominaram a passarela que remetem as conchas juntamente com tons azuis e verdes que lembram o mar. A textura das peças representa escamas e pele de arraia. O colorido fica por conta do vermelho, amarelo, laranja, verde, coral e dourado.
 
P.S: Não consegui entrar no desfile por conta da multidão que havia.


Florinda - Ao entrar na sala os convidados já sabiam do que se trataria o desfile, a passarela estava repleta de flores/margaridas e uma banda tocava ao vivo música folk. A marca retirou o nome "Dona" para remeter uma identidade mais jovem.
 
"Ela não precisa ser chamada de dona para ser entendida como mulher, ela é dona de si, dona das cores, dona do estilo, dona do seu tempo, de sua identidade", justificou a marca sobre a mudança."
 
Com coroas de flores coloridas na cabeça ou chapéu de palha, as modelos mostraram looks brancos e floridos na passarela durante o início do desfile. Jardineiras com recortes estratégicos, vestidos longos que remetem à natureza, top cropped, saias rodadas, fendas, tecidos leves, leggings e peças estampadas com pequenas flores foram combinadas com bota country.
Outro destaque ficou para as peças jeans, que aparecem rasgadas e desfiadas em coletes, shorts de cintura alta, calças, vestidos, camisa amarrada na cintura e macacões.
 
P.S: Não assisti por conta do horário, começou bem tarde!

Riachuello - E a patrocinadora oficial do evento trouxe para a passarela uma coleção cheia de atitude, com muito xadrez, botas e brilho. O xadrez vinha combinado com outras estampas como animal print de oncinhas e zebras. Pode-se observar também a presença forte das jaquetas, blazers, saias de couro, camisas com estampas animadas e rock, legging, coturnos, correntes e os bonés estilosos apareceram em várias composições. 
 
E por ser uma marca bastante usada por ser bem acessível, o público foi ao delírio com toda a produção do desfile.
 
 
Então meninas, foi isso que eu pude presenciar nesses 5 dias bastante corridos de @DFhouse, tive oportunidade de conhecer pessoas novas, fotografar para alguns sites, rever as blogueiras mais badaladas de Fortal e de me divertir bastantes com azamigas bloguetes! Fiquem com Deus, me deixem comentários sobre o que acharam, e até o próximo post!
 
 
 

[CONFIRA] 2º dia de "Dragão Fashion Brasil"

sexta-feira, abril 25, 2014


Oii gente?
 
Então, ontem rolou o segundo dia de DFB, graças a Deus deu tudo certo e eu pude conferir de perto alguns desfiles. Mais uma vez eu digo, quem ainda não foi, não perca tempo e vá conferir, o evento está maravilhoso, cheio de novidades e atrações super bacanas, stands e o melhor: Você pode retirar o convite para o desfile grátis na bilheteria do planetário do Dragão do Mar. Não ter os convites não é desculpa para não ir, os demais espaços são abertos ao público e vale muito a pena gastar um tempinho por lá!
 
 
Look escolhido para ontem: Conjuntinho P&B + Blazer.
Amo essa composição e é uma carta na manga para não errar no look.
 
 

Eu e as bloguetes do meu ♥ Eryka Nobre e Sandy Lima!!! A Pollyk Torres também estava conosco, mais infelizmente ela saiu antes da foto! :/

(Tivemos um probleminha com o fotógrafo, então tivemos que improvisar com uma camerazinha comum, mas tá valendo ;)
 
 
Voltando para os desfiles...
 
Ontem o primeiro desfile que assisti foi do Mark Greiner, ele que sempre arrasa nas passarelas e surpreende os convidados, e dessa vez não foi diferente, ele veio com a coleção "KARIRI ROCKS" que é um verdadeiro espetáculo e com certeza a super produção foi o que mais mecheu com o público.
Tive uma visão sobre o desfile e tirei minha conclusão sobre o que ele quis transmitir, mas, fui em busca de algo mais concreto para que eu conseguisse fazer a minha análise e para que vocês entendam melhor, então vejamos abaixo o porque da escolha desta coleção!
 
 
A Coleção
 
O estilista cearense Mark Greiner convidou o designer de acessórios Roberto Dias a apresentarem, sob forma de desfile, um trabalho colaborativo cuja fonte inspiracional brota do sertão cearense. Nesse diálogo as indumentárias criadas por Mark somam-se aos acessórios incríveis de Roberto para dar vida a seres que habitam o imaginário de um Cariri contemporâneo.
A coleção KARIRI ROCKS teve seu inicio no segundo semestre do ano passado, quando Mark coordenou, para o SEBRAE, o projeto Atelier Criativo na região sul do Ceará e, juntamente com artesãos, empresas locais e estudantes do curso de design do Cariri, produziram a coleção coletiva intitulada Cariri Moda e Paixão.
 
Inspirações
 
A região do Cariri Cearense, os Folguedos populares, o músico Daniel Peixoto, os artistas visuais Efrain Almeida e Aglaíze Damasceno, o coletivo visual Coletivo Café com Gelo e muito Rock n’Roll.
 
Cores
Nude, Azul Cinza, Vinho e Preto.
 
Apostas
Ombros estruturados, Macacões e Vestidos lady like que significa (Como uma Lady) com atitude e muito rock n’roll.
 
 
Cliquem AQUI e confiram um trechinho que gravei do desfile!
 
O outro desfile que eu tive o prazer de prestigiar foi o da Make B de O Boticário pelo glamoroso Fernando Torquatto que apareceu de surpresa no evento (para a alegria de todos né?), pois o "cara" não havia confirmado presença. A coleção é Barroco Tropical e foi lançada desde Janeiro desse ano.
 
Entendendo melhor...
 
"O nosso ponto de vista foi ressaltar o poder da mulher brasileira. Tivemos que pensar numa parceria que trouxesse essa brasilidade." (Disse Torquatto em um vídeo exibido no desfile).
 
"A coleção é inspirada no clima tropical, a coleção aposta em tons dourados combinados, principalmente, com verde e tomate. Ao todo, são 15 produtos de maquiagem, cinco acessórios e uma fragrância." 
 
P.S: Todos os desfiles serão transmitidos na íntegra pelo Terra!
 
 
Programação de hoje 25/04
 
25 | ABR
18:30 – Sala 3 – Apostas DFB: Jonathan Scarpari | Rebeca Sampaio
19:30 – Sala 2 – Nico Didonna
20:00 – Sala 1 – Ivan Aguilar
20:30 – Sala 3 – Atelier Criativo: Ivanildo Nunes + Cláudio Quinderé
21:00 – Sala 2 – Lizzi
21:30 – Sala 1 – Florinda
 
 
Vamos todaaaas! Espero vocês por lá! Grande beijo :)

1º dia de "DFB"

quinta-feira, abril 24, 2014
 
Então gente, ontem começou o evento de moda mais importante do Estado o "Dragão Fashion Brasil". O evento conta com uma estrutura gigantesca, mais de 20 palestras e workshops ministrados pelo Senac, vila de compras e um espaço ocupado por vários chefs de cozinha renomados fazendo pratos deliciosos. Este ano o DFB conta com 28 desfiles e concurso de novos talentos, então já dá pra perceber que está recheado de informações e é uma ótima oportunidade pra você conhecer esse evento que reúne os "Feras" do mundo da moda.
 
O DFB vem com o tema: "A moda move o mundo", para mostrar os desafios enfrentados pela moda diante de um período economicamente delicado que o nosso mercado se encontra. Ontem não pude estar presente no evento, nem mesmo para assistir ao desfile do consagrado "Lino Villaventura" ♥ que arrasou nesse ultimo São Paulo Fashion Week, e para a surpresa e alegria do público ele trouxe o mesmo conceito de uma mulher mais verdadeira, real, possível. A ideia foi usar roupas em tecidos leves com aplicações de pedraria e muuito brilho.

O evento contou também com várias outras marcas, confiram abaixo o Line Up de ontem:


 
Atenção para a programação de HOJE meninas!
 
24/04 | 5ª feira
18h30 – Carol Barreto | DoValle - Sala 3
19h30 – Ronaldo Silvestre - Sala 2
20hDesfile Atelier Criativo Mark Greiner e Roberto Dias Sala 1 
20h30 – Lindebergue Fernandes - Sala 3
21h30 – MAKE B - Sala 1

Então amores, o que acharam? É ou não é uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais o mundo da moda e o trabalho desses estilistas maravilhosos? Como citei antes, ontem não pude ir, mas hoje se tudo der certo estarei lá registrando alguns momentos e manhã volto com mais um post sobre o DFB com várias imagens e look que usarei! Grande beijo ♥






Doe cabelo. doe alegria! - 1º Edição!

segunda-feira, abril 14, 2014


E é claro, lógico e óbvio que eu não poderia de compartilhar com vocês o sucesso que foi o nosso 1º evento para arrecadação de cabelo que será doado para o Cabelegria  (Lembrando que nós não fazemos parte do projeto e nem somos voluntárias, apenas nos tocamos com esse trabalho tão lindo e grandioso e resolvemos fazer esse evento para ajuda-los de alguma forma).
 
A grande ideia partiu da minha amiga blogueira Sandy Lima que conheceu a comunidade pelo programa do Luciano Huck, e a partir daí todas nós Eu, Pollyk Torres, Eryka Nobre e Kalyne Lima demos o total apoio a essa ideia. Mesmo não tendo muito tempo para realizar grandes divulgações a 1° edição da campanha foi um sucesso, tivemos mais de 80 mechas de cabelos arrecadadas e foi uma verdadeira festa dentro do Salão.
 
E para que essa ideia pudesse sair do papel contamos com o apoio do Salão Aqua Mariá que cedeu o espaço e seus ótimos profissionais para realizar o corte dos cabelos, as doadoras ganharam uma super hidratação da Ecoplus e ficaram todas satisfeitas com o resuldado, e para completar a festa tivemos vários quitutes feitos pela lindona da Bia Martin (Mãe da Pollyk) que fizeram o maior sucesso e para adoçar ainda mais o nosso dia a Brigaderia Festa Show nos presenteou com os melhores brigadeiros da cidade. Yumm *-*
 
Vamos as fotos das doadoras!!!








 
E agora uma prévia da meu novo cabelito!


 
Meninas, só temos a gradecer a participação de todas as doadoras, nos sentimos totalmente abraçadas por vocês, muito obrigada pela força, pelas ligações que fizeram para suas amigas e conhecidas e se deixaram a total disposição para nos ajudar no próximo evento! Aqui deixo para vocês o meu OBRIGADO e o meu sincero ABRAÇO  para cada uma de vocês! ♥

CONHECENDO MELHOR ...

sexta-feira, abril 11, 2014
Oi gente?
 
O post de hoje é um pouco diferente mas não foge do segmento de beleza, pelo contrário, irei falar de um salão que é super parceiro do blog que tem pouco tempo de vida mas que já mudou a vida de muitas mulheres, tanto pelos produtos como pelos serviços oferecidos e os ótimos profissionais que o Viva Studio de Beleza tem.
 
Começando pela localização...
 
*Fica na Av. Jovita Feitosa - 504 / Parque Araxá.
 
O Studio!
 
Geente, o salão além de lindo, é enorme, conta com um espaço kids para as mamães deixarem seus filhos se divertindo enquanto cuidam da beleza, conta também com o espaço para as noivinhas com todo o requinte e comodidade, enfim, o salão lhe dá tuuudo que você precisa e o melhor? O preço cabe no seu bolso! 



Um detalhe: Na foto abaixo essa cliente saiu super emocionada quando viu o resultado do trabalho!


Pequena amostra das Nails Art, lembrando que o salão possui um acervo gigante com grandes marcas de esmaltes como: Dior, Chanel, Nars e muitos outros!

 
Design de sobrancelhas! 


Implante de cílios! 


E como diz o Cabelereiro Rodrigo Bandeira: LOIRIFIQUE-SE! A vida é movida a mudanças e você tem que acompanha-la! O Studio é especialista em loiros, então cooorre mulherada, vocês precisam conhecer o trabalho desses profissionais!

 
Agooora, vamos falar da minha amiga Karin Barros grande idealizadora desse mundo chamado "VIVA". Geente, vocês não fazem idéia de como é essa pessoa, a conheci na faculdade fizemos somente um semestre juntas, mas já foi o bastante para perceber o quanto ela é humilde, amiga, uma ótima mãe apesar de ser jovem. Enfim, o meu amor por ela já é imenso!

 
A Karin além de empresária - administradora do salão, ela é visagista, micro pigmentadora, maquiadora e ainda é fotógrafa profissional. A Karin hoje é exemplo e inspiração para muitas pessoas, tanto por suas qualidades pessoais como profissionais, por ser determinada, guerreira e lutar pelos seus objetivos e hoje é defensora do desejo e carreira empreendedora, ah esqueci de um detalhe: E hoje a Karin é sempre a primeira da fila para participar de palestras falando sobre a sua trajetória. Essa mulher é danada! ;)
 
Então mulherada, não perde tempo e corre para o VIVA, experimente os serviços oferecidos e conheça de pertinho todos os profissionais e quem é a Karin, e depois me contem se eu estava ou não falando a verdade!
 
Curtam a Fan Page do salão AQUI ♥
Sigam: @brunamenesesblog | @karinbarros
 
Grande beijo amores!


[INCRÍVEL] Qual "A" cor para o próximo VERÃO?

terça-feira, abril 08, 2014
Gente, a cor "quente" apontada como tendência unânime para causar no próximo verão é o "Azul", isso mesmo, segundo os tops da maquiagem essa é "A" cor que deverá movimentar o mercado da moda, seja nos olhos, seja nas unhas, roupas, acessórios, etc.
 
O "Azul" dominou os desfiles do SPFW, alguns profissionais incrementaram a cor em quase tudo e uns até inovaram, marcando de tinta no braço das modelos para atrair o público e apresentar-lhes a nova tendência para o verão!





Isso prova que a Giovanna Antoneli está acertando na escolha do seu esmalte não é mesmo? E olha, tenho que confessar que a qualidade da sua linha de esmaltes é espetacular, vale a pena experimentar!



Iai? Quem já amava azul e agora tá amando mais ainda? Eu amei a escolha dessa cor para o verão, isso mostra que podemos optar por outras cores quentes que não seja apenas o vermelho, laranja, amarelo, enfim. Vamos nos jogar nessa cor e curtir o "verãozão" em grande estilo e causando na pixxta!

Beijão e até a próxima amiga!
 
Chanel

[CURIOSIDADE] Mulheres que marcaram o mundo da MODA.

quarta-feira, abril 02, 2014
 
Oii minha gente?
Então, nós blogueiras, sempre estamos em busca de conhecimento afim de melhorar cada vez nosso conteúdo e trazer mais informações para vocês. E nada melhor do que relembrar as mulheres que fizeram esse nosso mundo da moda mais bonito, interessante e que nos trouxe inspiração para construirmos tendências maravilhosas e quebrar alguns tabus sobre a moda! Existem mulheres que ajudaram na construção da historia da moda que não podemos deixar de saber um pouco mais sobre elas.
 
 
Vamos lá?
 
Elsa Schiaparelli: 


Elsa era italiana e escreveu a  história da moda francesa durante as guerras. Elsa Schiaparelli esteve à frente do seu tempo e padrões normatizadores para as moças da época. Estudou na Suiça e em Londres. Casou com um filósofo, teve uma filha, morou em Nova York, separou-se e rumou à Paris. Escolheu a criação e o estilismo como maneira de expressão e sobrevivência. Em 1929 realizou sua primeira coleção e ganhou a saudação de  ”rara criadora do momento”. Mas, foi na interação da moda com arte que Schiap, como era chamada, acreditou encontrar a verdadeira forma de vestir.

Maria Antonieta: 
 
 
 
Sua vida foi marcada pela infelicidade de um casamento frustrado. Isso levou a jovem a consumir roupas e criar um estilo marcante de forma desenfreada. De tão extravagante, ficou conhecida como a rainha da moda e sua cabeça rolou na guilhotina no estopim da Revolução Francesa. Filmes, livros e até comerciais são inspirados nessa mulher que usou a moda como forma de expressão, e que pagou um alto preço por isso.
 
 
Chanel:

 
 
Gabrielle Bonheur Chanel nasceu em Saumur, na França, em 1883 e faleceu em Paris no ano de 1971. Tempo necessário para revolucionar o mundo da moda, marcando definitivamente seu nome e estilo como um dos maiores ícones da alta costura. Conhecida como Coco Chanel, foi uma mulher determinada para a liberdade e a conquista da sua criação, rompendo os padrões estabelecidos do vestuário opulento da Belle Époque com seus forros, armações e corpetes. Deu asas às transformações dos anos 20, principalmente pelos ideais de conquistas do feminino. Como representante das entreguerras mundiais, Chanel fez da própria imagem um significado destas mudanças. Vestida de calça comprida dos namorados, com cabelos curtos e chapéu de palha expôs uma proposta de visual andrógino que logo seduzia pelo seu empoderamento. Se converteu no prótotipo da garçonne, símbolo da mulher moderna e altiva.
Sua moda proposta para o período escasso e  doloroso do pós-guerra era simples e prática, utilizando matérias primas inusitadas e baratas como a malha de jersey, usada na roupa íntima masculina. Foi a primeira a proclamar que o busto das mulheres não era caixa forte e a insistir no uso das bijuterias, com seus famosos colares de pérolas falsas. E mais: encurtou o comprimento das bainhas para mostrar o tornozelo, como também vestiu a peça mais masculina de todas nas mulheres: a calça comprida! Como se não bastasse instituiu o uso de sapatos baixos, dando mais conforto e praticidade  aos passos largos que levavam às transformações femininas. A sua moda estava cheia de representações para outros milhares de mulheres que a viam como um ideal de mudança. A estilista mandou seu recado ao criar roupas onde as mulheres pudessem se sentir donas do próprio corpo, do seu poder e movimento de conquistas.

Mary Quant:



 
Os anos 60 e o movimento da contracultura precisavam ter corpos livres. Para isso, nada mais audaz do que as pernas de fora para as mulheres caminharem com rapidez em busca de seus direitos e de sua expressão. A estilista inglesa Mary Quant (se não foi a criadora original) foi a que expandiu a ideia das minissaias, encurtando o comprimento dos vestidos e saias das mulheres. Um escândalo para a época, com ondas de protesto e, ao mesmo tempo, sedução. As flores de sua marca foram utilizadas como símbolo da cultura Flower Power, já que se identificava com a subversão dos padrões normatizadores da sociedade de então.

A própria estilista tinha esta postura inovadora com seus cabelos geométricos e colants de malhas coloridas e de diversos padrões. Ficou conhecida como a rainha do “Swinging London”. Sua moda era para jovens que queriam uma roupa que traduzisse o momento de contestação comportamental e de valores. A sexualidade livre, os direitos das mulheres e das diferenças culturais combinavam com a criação proposta por Mary Quant: alegre, descontraída, quebrando padrões estéticos. As inspirações vindas das ruas e transformadas em bens de consumo eram vendidas na sua famosa loja Bazaart. Seu compromisso com a mudança se deu em vários níveis. Criou carteiras com correias compridas, tops de crochês, cintos largos nos quadris, malha canelada marcando o corpo e inseriu muito plástico no vestuário e acessórios como símbolo do futurismo e crença positiva de que melhores dias viriam.
 
 
Marilyn Monroe:
 
 
 
 
Ela não foi estilista, não foi modista, mas uma das atrizes mais famosas do mundo criou praticamente um padrão de beleza, principalmente nos Estados Unidos. Sexy, Marilyn morreu jovem mas teve tempo de marcar a história da beleza ocidental com seus vestidos esvoaçantes, sem corpo incrível e sua boca vermelha.
 
 
Carmen Miranda:
 
 
 


Essa brasileira (nasceu em Portugal e veio para o Brasil ainda criança) foi a primeira a fazer sucesso lá fora. Baixinha e de rosto e voz marcantes, Carmen Miranda bolava seus figurinos e popularizou um calçado que a gente usa até hoje, o plataforma. Exuberante e exagerado, seu figurino refletia a natureza, as cores e a alegria do nosso país tropical. Acho que até hoje os norte-americanos pensam que a gente se veste assim todos os dias para ir ao supermercado, kkk

 
Audrey Hepburn:

 

Linda e nunca fora de moda, essa atriz é um marco de elegância e glamour, ela jamais sai de moda. O tubinho preto famoso e imortalizado por ela foi criado por Givanchy e é desejado por mulheres do mundo inteiro até hoje. Clássica, feminina, uma verdadeira Bonequinha de Luxo.
 
 
Twiggy:
 
 
 
 
Marcou o mundo da moda com seus cílios enormes e com uma beleza moderna e jovem.. Essa expressão de delicadeza e doçura foi capa de muitas revistas nos anos 60 e foi considerado o rosto mais emblemático da Inglaterra. Muitos maquiadores se inspiram no olhar de Twiggy e na sua maquiagem de maneira geral. Seus 1,67 de altura conquistaram todos os fashionistas da época e se tornou a primeira Top Model do mundo. A cara de uma década de mudanças e liberações.
 
 
Zuzu Angel:


 
Zuleika Angel Jones apesar do nome americanizado tinha os pés nas raízes frondosas da criação brasileira. Foi a primeira mulher estilista no Brasil que construiu uma identidade da moda tropical, com uma mistura quase sincrética de artesanato e cultura popular com os ares modernos e turbulentos dos anos de 1960 e 1970. Transgressora numa época em que todos copiavam as tendências europeias, criou uma moda que legitimava um Brasil sem fronteiras, valorizando sua diversidade e beleza, sem medo de utilizar materiais tidos como “pobres”. Mesclou chita, fitas, rendas tingidas e aplicadas sobre tecidos nobres como as sedas, além de um instigante trabalho de estamparias de pássaros, borboletas e papagaios. A estilista inovou também no uso de pedras brasileiras, madeira, conchas das praias e fragmentos de bambu. Escandalizava com vestidos feitos com tecidos de colchão e toalhas de mesa. Quis vestir a dona-de-casa e a mulher comum, mostrando que a moda era possível para todos. Seu trabalho ganhou o mundo com desfiles internacionais, como em Nova York, em 1970, quando apresentou coleções inspiradas na companheira de Lampião e na história do cangaço nordestino. Projetou a “mulher rendeira” e Maria Bonita, além de fazer uma homenagem à Carmem Miranda como figura símbolo do Brasil.
No entanto, nem tudo foi composto de flores e cores. Zuzu também foi pioneira em fazer da moda um protesto contra a ditadura militar que sequestrou seu filho Stuart Angel Jones, estudante e ativista político. Começou um caminho em busca do filho e depois de sua morte fez da moda revolucionária uma vitrine para as denúncias de tortura no país. Em 1971, em Nova York, na sede do Consulado do Brasil, ela revela toda a dor de uma mãe através de um desfile que entrou para a história. Roupas brancas e bordadas com anjos negros e machucados, tanques de guerra, pombas escuras, crucifixos, pássaros engaiolados e sol atrás das grandes. As modelos usaram faixas pretas de luto e andaram numa simulação de cortejo fúnebre. Os anjos viraram símbolo contra a ditadura militar e permaneceram como ícone da sua marca. Por sua coragem de denúncia e sua voz ativa ou metaforicamente revelada em sua moda, Zuzu Angel acabou morta em um atentado provocado pelos militares em 1976. Segue imortalizada na sua moda política, na criação por um Brasil mais brasileiro e uma democracia cultural e libertária. O compositor e cantor Chico Buarque a homenageia com a canção Angélica, na qual pergunta: “quem é essa mulher?”.
Eitaaa que é mulher! Mas não são só essas não, ainda tem muito mais. Resolvi fazer esse post a partir da minha vontade de conhecer um pouco mais sobre a moda e saber de onde ela veio e quem são as mulheres que de alguma forma mudaram seus estilos e ficaram conhecidas por sua coragem de se reinventar. Espero que tenham gostado, grande beijo!
 
 
Me sigam no instagram:

@brunamenesesblog

Inscreva-se


Facebook